MEC publica suspensão de ingresso em cursos a distância da Ulbra

Publicado em Atualizado em

Brasília 12 de julho de 2011

O Ministério da Educação (MEC) publicou na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União medida suspendendo o ingresso de novos alunos em cursos a distância da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). No despacho, o MEC autoriza ainda a abertura de procedimento de supervisão para o descredenciamento de 193 polos de apoio presencial da instituição. Na sexta-feira passada, agentes da Polícia Federal (PF) cumpriram mandados de busca e apreensão no setor de ensino a distância da universidade, em Canoas (RS). Eles recolheram três malotes de provas depois de denúncia de um ex-servidor de que os alunos eram aprovados sem análise das questões dissertativas. De acordo com o MEC, a universidade ofereceu vagas em educação a distância em locais irregulares, firmou parceria irregular e não pediu recredenciamento. A universidade, que tem aproximadamente 90 mil alunos matriculados em cursos à distância, terá um prazo de 15 dias para se pronunciar sobre os problemas.

Na segunda-feira, o reitor Marcos Fernando Ziemer respondeu às denúncias apresentadas em reportagem do Grupo RBS. Segundo Ziemer, um processo administrativo foi aberto para investigar a acusação de que a instituição estaria lançando notas de alunos sem corrigir as provas.

do portal Terra

Anúncios

2 opiniões sobre “MEC publica suspensão de ingresso em cursos a distância da Ulbra

    beatriz silva disse:
    2011/07/22 às 12:42

    Eu sou formanda ULBRA EAD MANAUS e está semana meus colegas que não tinham postado seus relatórios de estágios tiveram suas notas publicadas sem ao menos terem estagiado. Mas o pior é que as notas de 2007 desapareceram e nossa colação de grau atrasada a um ano está marcada para o dia 27/07/2011 daqui a 5 dias.

    Milton H. Pessoa das neves disse:
    2011/09/20 às 23:39

    Estou indignado com essa UNIVERSIDADE, estava fezendo ADMINISTRAÇAO desde 2007 no polo de labrea, nunca ela cumpriu com suas obrigaçoes, havia atraso significativos de materiais durante 3 anos nao estudamos 2, passamos 1ano sem aula de maio de 2010 a maio de 2011. foi assinado um termo de adesao ao contrato que o referido cursos de quatro anos era concluido com o pagamento de 36 parcelas e um ano gratis, o que nao ocorreu alguns colegas querendo terminar pagaram o professor para tentar terminar o curso pois a ULBRA nao pagaria, fiz denuncias tanto pro MEC como para o MP local e nao deuem nada meu nome esta no SERASA e no SPC, porque nao paguei o restante,vir o que aconteceu com outros curso que terminaram muitos foram prejudicado ou por falta de notas ou por pagamentos que foram feitos mais nao aparecia no sistema, COMO VOU PAGAR UM SERVIÇO QUE NAO FOI PRESTADO COM QUALIDADE.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s