SEDUC: Marcelo Ramos critica novo processo seletivo para contratar professores

Publicado em Atualizado em

Manaus, 29 de fevereiro de 2012

O deputado estadual Marcelo Ramos (PSB) criticou o Governo do Estado, que por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), lançou o edital de um novo Processo Seletivo Simplificado (PSS) objetivando a contratação temporária de professores para capital e interior incluindo comunidades indígenas.
Marcelo Ramos fez esse questionamento porque a Seduc realizou um concurso público na cidade de Manaus e, logo após a publicação do resultado em novembro de 2011, no mês de dezembro, a secretaria abriu este novo processo seletivo. Situação essa que não dava para entender porque já havia feito concurso.
Para o deputado, essa situação se torna muito confusa pois, “ou a Seduc realizou processo seletivo para contratar professores temporários em vagas para quais existiam professores concursados esperando chamada, ou a secretaria, sabendo que precisava de muito mais professores, fez concurso numa quantidade menor de vagas para que continuasse existindo professores temporários”.
Marcelo Ramos revelou que por conta desse processo seletivo ajuizou uma ação popular contra o secretário de Educação, Gedeão Amorim, que está tramitando na 4ª Vara da Fazenda Pública Estadual. Protocolou ainda expediente junto à Seduc solicitando informações sobre a quantidade de professores que atuam em regime temporário no Estado do Amazonas.
Segundo Marcelo Ramos, os números verificados são assustadores, pois foi informado em documento oficial da Seduc e assinado pelo secretário Gedeão Amorim, que o Estado possui 8.911 professores temporários. “O que assusta mais ainda é o número verificado na cidade de Manaus que fez o concurso público com 4.396 professores temporários”, revelou o deputado.
Para Marcelo Ramos, essa situação é no mínimo estranha e seria lógico o governo explicar porque ele não faz concurso público para o preenchimento dessas vagas.

Fonte: ALEAM

Leia mais:

PROFESSORES DA SEDUC/AM SÃO REMANEJADOS DAS DISCIPLINAS QUE FORAM CONCURSADOS PARA MINISTRAREM DISCIPLINAS ALHEIAS

Uma opinião sobre “SEDUC: Marcelo Ramos critica novo processo seletivo para contratar professores

    Correa Jorge disse:
    2012/05/18 às 08:39

    O deputado que critica a contratação temporaria de professore por meio de processo seletivo simplificado deve ser da mesma laia dos curruptos, pelo menos quem assume um contrato trabalha para poder usufruir do seu proprio suor e não desviam os recursos que são destinados à EDUCAÇÃO e outras secretarias. Ao deputado que critica com “certeza tem feito muito pela educaçao”. DEPUTADO deixe os professores do seletivo trabalhar em paz e cuide dos assuntos que são de responsabilidade. O que voce deve fazer é não prmitir que os concursos publicos seja fraudados e isso é o que mais acontece

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s