Omar Aziz critica gastos excessivos de secretários e alerta prefeitos do interior

Publicado em

 Durante evento no TCE, Omar disse que o custo para manter o Estado aumenta a cada ano e que, em contra partida, a arrecadação está em queda.

Omar alertou que gastos de secretarias precisam ser reduzidos

O governador do Amazonas, Omar Aziz (PDS), ameaçou exonerar secretários que não pouparem gastos a partir do ano que vem e ‘puxou’ a orelha dos prefeitos eleitos durante o curso sobre a transição de governos promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Omar disse que o custo para manter o Estado aumenta a cada ano e que, em contra partida, a arrecadação está em queda. Aos prefeitos eleitos, Omar cobrou a criação de usinas de asfalto para fazer a manutenção das ruas, solução para o destino do lixo e o enxugamento das máquinas municipais. “A tendência é esse custeio aumentar e a receita não vem acompanhando. E isso é uma grande preocupação. Eu pessoalmente vou discutir os cortes. Eu vou sentar com os secretários e dizer isso aqui vamos fazer e isso aqui não vamos fazer. Vamos cortar gastos e aquele secretário que achar que não dá, sai”, disse o governador. Omar explicou que precisa fazer gastos para concluir os projetos do governo. “As minhas prioridades tem que ser atendidas e as minhas prioridades são prioridades da população”, disse. Ele disse que vai analisar todos os programas que o Estado desenvolve e, além disso, vai cortar gastos com energia, manutenção e segurança.

Prefeitos Omar disse que a falta de manutenção das ruas dos municípios do interior faz os prefeitos perderem a eleição e que o Estado não tem condições de todos os anos fazer convênios para reasfaltar as cidades. “Se vocês não tamparem esses buracos nós não temos como aguentar todo ano estar fazendo convênio. Não é possível que depois de tantos anos os grandes municípios não ter uma usina de asfalto”, reclamou. Ele citou que já deveria haver usinas em Lábrea, Manacapuru, Parintins, Tefé e Humaitá. O governador orientou aos prefeitos que enxuguem as máquinas administrativas para poderem investir. “O orçamento dos municípios vem reduzido em 2013. A arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios foi menor em 2012 do que em 2011. Esse recurso é o que eles usam justamente para o custeio dos investimentos”. A terceira cobrança aos prefeitos foi a criação de estações de tratamento do lixo. Em 2014, todos os lixões tem que estar eliminados e as cidades precisam encontrar soluções para dar um destino adequado ao lixo para cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos.“Nenhum município do interior do estado faz o tratamento dos resíduos sólidos. O governo não vai intervir porque isso é um problema dos municípios, mas é obrigação do governador nós conversarmos e acharmos uma solução ”, disse. Omar disse que os prefeitos pedem recursos para construir estações de tratamento, mas não fazem ideia dos custos para manter a estação funcionando.

Fonte: D24

Uma opinião sobre “Omar Aziz critica gastos excessivos de secretários e alerta prefeitos do interior

    helcio gonçalves da silva disse:
    2012/12/28 às 07:47

    O ELEITOR DO ESTADO DO AMAZONAS PEDE LICENÇA AOS GOVERNANTES PARA UM PRONUNICAMENTO POSTO QUE É ELE O RESPONSÁVEL PELOS MANDATOS DOS GOVERNANTES,

    Senhores. vamos falar técnicamente.
    Para haver equilibrio é necessário que os governantes se apressem em saber os seus índices de liquidez geral e corrente bem como os seus graus de endividamento geral para então sabiamente planejarem seus orçamentos.
    É necessário formar reservas técnicas de curto prazo para arcar com os entraves nos repasses.
    É necessário um balancete de verificação mensal com os seguintes quesitos;

    + RECEITAS BRUTAS
    + ESTOQUES ATUAIS DE ALMOXARIFADO

    – Despesas Administrativas
    – Despesas tributárias
    – Despesas Contábeis
    – Despesas Financeiras
    – ESTOQUES ANTERIORES DE ALMOXARIFADO

    ( RECEITAS BRUTAS + ESTOQUES ALMOX) – ( DESPESAS + ESTOQUES ANT. ALMOX)

    T O T A L D O B A L A N C E T E D E V E R I F I C A Ç Ã O

    Observe-se que o Municipio de Labrea não possui ALMOXARIFADO CENTRAL.

    COM ISTO HÁ QUE SER ESTUDADO O PLANO DE ORÇAMENTO.

    No meu mais profundo respeito

    HELCIO GONÇALVES DA SILVA
    LABREA – AM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s