TJAM decide arquivar mais um processo contra Adail Pinheiro

Publicado em

TJAMA denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual contra o prefeito de Coari, Manoel Adail Amaral Pinheiro, pela prática de crime de responsabilidade (previsto no art. 1º, XIII, do Decreto Lei nº 201/67), voltou à pauta de julgamento do Tribunal Pleno da Justiça do Amazonas (TJAM) e mais um processo contra Adail Pinheiro foi arquivado, desta vez sob a justificativa de que o processo, do ano  de 2006, prescreveu. O veredito foi dado na sessão de hoje no Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM),e ficou decidido pela maioria de votos que o tribunal vai arquivar  o processo que pedia a cassação do mandato do prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP), pelo crime de improbidade administrativa.

Esse julgamento foi suspenso na semana passada, dia 04, após o pedido de vistas do desembargador Wellington Araújo. Um fato interessante é que no dia foi suspenso o julgamento 15 dos 19 votos dos magistrados estavam totalmente a favor da cassação de Adail Pinheiro.

A justificativa do TJAM é que o processo permaneceu parado por muitos anos, foram cinco anos na Comarca do município de Coari, e mais seis anos e quatro meses nas mãos do Ministério Público.

O prefeito de Coari Adail Pinheiro, está preso por denúncias de envolvimento em crimes de pedofilia, conforme acusação do Ministério Público Estadual.

Fonte: http://portaldoamazonas.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s