Justiça determina a suspensão do mandato de Batoré

Publicado em

Vereador cobrava “pedágio” de assessores, em Mauá, parte do 13º salário e de restituição de Imposto de Renda

batore (5)

A Mesa Diretora da Câmara de Mauá recebeu notificação da Justiça para determinar a suspensão do mandato do vereador Ivanildo Gomes Nogueira (PRB), conhecido como Batoré. A decisão foi motivada por ação de improbidade administrativa apresentada pela Promotoria de Mauá contra o parlamentar e acolhida pela juíza da 1ª Vara Cívil Maria Eugência Pires Zampol.
O processo tramita em segredo de justiça. Ex-assessores de Batoré procuraram o Ministério Público em 2012 para relatar que o vereador ficava com 50% dos vencimentos de seus servidores, além de cobrar, integralmente, benefícios como 13º salário, vale-alimentação e, até mesmo, a restituição de imposto de renda. De acordo com um dos delatores ouvido pelo ABCD MAIOR, esses recursos eram entregues para o vereador em dinheiro vivo. A reportagem procurou o vereador e comediante na Câmara e por telefone, mas Batoré não foi localizado.
O ABCD MAIOR apurou que a Presidência da Casa deverá iniciar o processo de afastamento do parlamentar nesta terça-feira (25/03). A primeira suplente da coligação, Wanessa Bomfim (PMDB), assumirá a cadeira em caso de vacância.
De acordo com a assessoria de imprensa, o parlamentar estaria em Limeira, no Interior de São Paulo. Cabe recurso da decisão. No despacho encaminhado à Câmara na última sexta-feira (21/03), a magistrada pediu afastamento do vereador em 15 dias. A decisão não implica necessariamente em cassação instantânea do mandato. A titular da ação é a promotora Letícia Costa, que, em dezembro de 2013, encaminhou ofício ao Legislativo pedindo informações sobre vencimentos e benefícios de 14 assessores do gabinete de Batoré.
Além do revés, o parlamentar também sofre processo de perda de mandato por infidelidade partidária movido pelo PP, partido no qual se reelegeu em 2012. Se a Justiça Eleitoral acolher essa representação, o primeiro suplente do PP, Adelto Damasceno Gomes, o Cachorrão, deverá assumir o posto. Batoré integra atualmente um bloco de coalizão que passou a fazer uma espécie de oposição branda ao prefeito Donisete Braga (PT).

Fonte: abcdmaior.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s