Como essa gente não tem vergonha de falar o nome de Jesus?

Publicado em

hipocrisia

Eles professam sua fé em Cristo a todo momento. Vira e mexe e o nome de Jesus sai de suas bocas com a maior naturalidade. E, muitas vezes, vem acompanhado de uma citação bíblica, seguida do capítulo, do versículo, dito com a exatidão de quem sabe a Bíblia de cor e salteado, de Gênesis a Apocalipse. Quando chega o Natal, então, essas manifestações dos ditos cristãos tornam-se ainda mais frequentes. Eles enviam cartões, distribuem presentes, vão aos cultos, às missas, as reuniões de oração, e fecham o ano sempre com uma boa ação, fazendo doação para instituições de caridade.

E aí, diante dessas visíveis demonstrações de fé e caridade, o que importa se esses mesmos ditos cristãos deixam crianças sem merenda escolar? Deixam doentes sem medicamento? Deixam idosos sem receberem a aposentadoria?

Afinal, o Cristo deles está nos templos, nas igrejas, nas palavras de amor a Deus ditas pra todo mundo ouvir. Na Bíblia caríssima que está em cima da mesa de seus gabinetes e nas estantes de suas salas luxuosas. O Cristo deles não está na professora que chora porque não recebeu seu salário e não sabe como vai sustentar os filhos. O Cristo deles não está no garoto drogado que não tem a mão estendida do Estado para lhe tirar do mundo do crime e lhe dá perspectiva de futuro através do esporte e da educação. O Jesus deles não é um humilde menino que nasceu numa manjedoura. O Cristo deles nasceu em berço de ouro, porque se assim não fosse, seria invisível aos olhos como são os cidadãos pobres que eles fazem questão de manter na miséria e na ignorância, profetizando que terão a prosperidade garantida apenas em outra vida.

Esses são os mesmos homens que se dizem seguidores de um Cristo Vivo, e entronizados nas cadeiras da autoridade dada por Deus, esses homens da Lei lavam as mãos como fez Pôncio Pilatos. Uns têm o poder de denunciar, outros têm a autoridade para julgar, sentenciar, acabar com as injustiças, mas optam pela omissão. Eles não conseguem ver o Cristo no povo que é humilhado, “chicoteado”, e até morto pela corrupção, que retira todos os direitos dos cidadãos, inclusive a dignidade e a esperança.

Mas, eles esquecem que na mesma Bíblia que eles usam para fazer demonstração de como são cristãos fervorosos está escrito que a “Fé sem obras é morta” (Tiago 2: 14-26) e que suas hipócritas atitudes são vistas por um Cristo que consegue enxergar além das aparências. “Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. (Samuel: 16:7) – (Any Margareth)

http://radaramazonico.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s