barra

TRE pode mudar data de diplomação em Codajás

Publicado em

O presidente do TRE, ilustre desembargador Flávio Pascarelli, pode intervir no caso de Codajás, onde a juiza tenta apressar a diplomação do eleito Abrahm Linlcon, com dois processos de cassação do registro para ser julgados e outros de sua ex-administração que o conduziram à lista dos fichas sujas. Informações de bastidores asseguram que o desembargador estaria pedindo informações sobre a diplomação para decidir se muda a data ou não. A presidente do TSE estabeleceu a data de 18 de desembro para a diplomação, marco que o próprio TRE obedeceu, ao contrário da juíza de Codajás.

Fonte: Blog Da Floresta

Leia Também:

Prefeito eleito de Codajás se esconde da Justiça

Novo prefeito de Coari é mantido em lista de fichas sujas

Ministério Público Eleitoral do Amazonas apresenta 81 impugnações de candidaturas com base na Lei da Ficha Limpa.

Lei da Ficha Limpa barra reeleição de 31 prefeitos no Amazonas.

TCE-AM vai pedir intervenção em municípios inadimplentes.