cassou

Prefeito de Silves cassado. Irmão assume prefeitura

Publicado em

500x713xBoj,PC3,PB3,P202.jpg.pagespeed.ic.KOtGIyrPYB

O juiz Onildo Santana de Brito cassou o mandato do prefeito Franrossi de Oliveira Lira, o “Bojó” (PSD) e de seu vice Jasmire dos Santos Machado (PT), por abuso de poder político. Ojuiz  também anulou o votos obtidos pelo candidato eleito e o declarou inelegível por 8 anos. Quem assume interinamente até nova eleição o comando do município é o presidente da Câmara, Nelcir de Oliveira Lira (DEM), que é irmão do prefeito cassado.

Ao cassar Bojó, por abuso de poder político, o magistrado afirma na sua sentença que nas eleições municipais de Silves em  2012, agentes públicos lotados à época no Cartório Eleitoral da 39ª ZE, beneficiaram a eleição do atual prefeito.

O magistrado determinou que o presidente da Câmara Municipal, vereador Nelcir de Oliveira Lira (DEM),  assuma a prefeitura até a realização de uma nova eleição pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas.

Fonte: http://www.portaldoholanda

Anúncios

Ex prefeito Elmir Lima Mota de Boa Vista de Ramos,vereador Marlon Trindade e secretário de educação são detidos e encaminhados para Maués

Publicado em

As acusações que recaem sobre eles é de falsificação de documento oficial. A Câmara em sessão extraordinária, teria revogado a sessão que cassou o mandato do prefeito Elmir Mota e na mesma sessão, autorizado a sua volta ao posto de prefeito. O documento foi publicado no diário oficial do estado mas, segundo está sendo apurado, haveria assinaturas falsificadas da vereadora presidente da Câmara de vereadores, Rosineide Aguiar. As investigações prosseguirão durante o tempo que a justiça determinar. O delegado Mário Melo, de Maués, está a frente das investigações.

Fonte:  Site BVR(Boa Vista de Ramos)

Leia Também:

E UM PREFEITO OU UM BANDIDO? Elmir LIMA COSTA PARTE PRA Porrada EM FÓRUM DE JUSTIÇA

“DINHEIRO NA cueca” – PREFEITO DE BOA VISTA DO RAMOS E AFASTADO DO CARGO

Conselheiros fazer Fundeb pedem Prisão preventiva de Prefeito afastado de Boa Vista do Ramos Elmir Mota .

Ministério Público Eleitoral do Amazonas apresenta 81 impugnações de Candidaturas com base de nd Lei da Ficha Limpa.

Publicado acórdão da cassação do deputado Átila Lins

Publicado em

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), corte que cassou o mandato do parlamentar, houve movimentação de recursos durante a campanha os quais não foram declarados à Justiça Eleitoral

Átila Lins é acusado de omitir despesas de viagens ao interior na eleição de 2010(Leandro Prado)

O Diário de Justiça Eletrônico desta terça-feira (12/06) trouxe a publicação do Acórdão nº 235/2012, referente à cassação do mandato do deputado federal Átila Lins (PSD), ocorrida no último dia 4, sob a justificativa de irregularidades nos gastos da campanha de 2010. Cabe recurso da decisão.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), corte que cassou o mandato do parlamentar, houve movimentação de recursos durante a campanha os quais não foram declarados à Justiça Eleitoral.

Agora, a Câmara Federal deverá ser notificada e, a partir daí, o deputado será chamado a apresentar uma defesa, que poderá ser aceita ou não pela presidência da casa. Caso não seja aceita, ele deverá ser afastado do cargo. O trâmite pode demorar mais de 60 dias.

O mesmo ocorreu com o deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB), cassado há mais de três meses. Sabino já teve até os embargos julgados no TRE-AM e, no entanto, permanece no cargo até o momento.

Fonte: A Crítica.