outro

Pesquisa fraudulenta é distribuída por tabloide e candidato em Lábrea

Publicado em Atualizado em

Certidão do Cartório Eleitoral de Lábrea atesta a inexistência de qualquer registro de pesquisa de intenção de votos.

Todos nós somos cientes que o dinheiro tem um peso muito grande na vida do ser humano, ou seja, dependendo ele pode fazer coisas maravilhosas como também pode fazer uma imensa desgraça. E é exatamente nesses dias de eleição  que encontramos mais aguçado o desejo por este ícone econômico chamado Dinheiro. Há uma passagem bíblica que diz: Que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, por isso os cidadão nessas épocas de Eleição se vendem e também compram votos,mas se controlássemos mais os nossos desejos com certeza teríamos um Mundo,um País,um Estado ou Município bem melhor para se viver.

O Vazos do Purus fez essa introdução justamente para mostrar o quanto é desprezível esses atos pecaminosos e que fazem toda uma população sofrer por vários anos e décadas.Também sabemos que uma pesquisa em tempo de eleição mal feita e fraudulenta pode colocar em risco o pleito eleitoral principalmente de um município onde os grupos políticos tentam manobrar este tipo de estratégia negativa e comprometedor a população.

Nesses dias em Lábrea foi distribuído por um cidadão dono de um tablóide local chamado Voz do Purus um outro Jornal chamado Alto Madeira do Estado de Rondônia, com publicação de uma pesquisa duvidosa em que foram alterados posições e menosprezando candidato Ficha Limpa aqui na nossa cidade de Lábrea, e tudo isso feito para enaltecer outro candidato que o editor do tablóide é amigo e defensor da causa eleitoral deste cidadão.

O que diz a Lei:

Resolução do Tribunal Superior Eleitoral,n:23.364,que “dispõe sobre pesquisas eleitorais para as eleições de 2012”,relator o Ministro Arnaldo Versiani,estabelece em seu artigo que as entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativa as eleições ou aos candidatos para conhecimento público são obrigadas,para cada pesquisa,a registrar no Juízo Eleitoralao qual compete fazer o registro dos candidatos uma série de informações,relacionadas nos incisos l a Xl

Bom! O grupo Atitude, Transparência e mudança já, que tem como candidato Didi Dias 12 entrou com uma representação junto ao TRE e ao ministério Publico Mostrando que a pesquisa não havia sido registrada na comarca de Lábrea  o é exigido por lei Eleitoral em vigor na eleição de 2012, e que havia todas as evidencias de manipulação.

Queremos ainda ressaltar que o candidato Mabí Canizo 25 beneficiado por essa armação,imprimiu 5000 mil copias com dados desta pesquisa e distribuiu aleatoriamente pela cidade tentando influenciar o cidadão Labreense com esta fraude.

A justiça agiu rapidamente repugnando as atitudes nefastas e inconstitucional desses cidadãos que querem desiquilibrar o pleito eleitoral.Com o parecer do ministério público na pessoa do Dr. Gerson,o Juiz Eleitoral Dr. Carlos Zamith emitiu sentença com multa de 50.000 UFIR a favor do candidato da Coligação atitude,Transparência e Mudança Já!

Leiam o parecer e a sentença a baixo.

POR: Vazos Do Purus

Leia mais:

Dez candidatos a prefeito no Amazonas estão nas listas de ‘fichas sujas’ do TCU e TCE