Posto de Saúde

SEM POSTO E SEM SAÚDE ( SEGUNDA PARTE )

Publicado em Atualizado em

Lábrea, 26 de dezembro de 2010

Mostramos na primeira parte desta matéria editada no dia 21/12/2010, que a construção do posto de saúde da barra limpa localizado no tira barro, fez aniversário em novembro, e que está vulnerável e propenso ao criatório de mosquito da dengue.  Agora apresentamos as novas fotos do local, que até no dia do fechamento desta matéria não mudou em nada, confirmando o o que dissemos na primeira parte da matéria.  Esperamos que o secretário de saúde, juntamente com os vereadores que o povo elegeu para fiscalizar o executivo e o Ministério Público Estadual apresentem a manifestação devida ao povo de Lábrea. Também apresentamos o parecer do TCE sobre este tipo de obra, e percebos que não há nenhuma resposta com conteúdo por parte das autoridades municipais ao povo. Anexado estão as fotos atuais e esperamos que o leitor deste blog julgue e avalie todo o material:

Frente da construção onde existem poças e desníveis, como também a entrada com fácil acesso para quem quizer usar o local como defecatório ou para uso de drogados e outros vandalismos.

Por dentro totalmente vunerável e sujeito a infiltrações , e até mesmo a roubo de materiais já instalados no local, gerando o risco de mais prejuízo econômico ao municipio

Poças de água de chuva e baldes do resto usado pelos trabalhadores dando condições ao mosquito da dengue de proliferação contágio da doença pela população próxima ao local.

É bom lembrar que : A geração de emprego estabelecido para construção da obra é de cem empregos antes, durante e depois da obra.

No caso desta se constatou que foram contratados  mais ou menos de três a dez trabalhadores…