tribunal eleitoral

Dois municípios podem ter novas eleições para prefeito

Publicado em

O caos eleitoral em Coari é o mesmo de Manacapuru. Com três candidaturas a prefeito em cada um dos municípios e como dois dos postulantes podem ter o registro cassado, forçaria o Tribunal Regional Eleitoral-TRE a realizar novas eleições. Em Manacapuru, a vice-procuradora geral eleitoral Sandra Cureau,  opinou   pelo  parcial  provimento  do recurso  interposto  pelo  Ministério  Público Eleitoral (MPE)  para  a  manutenção  da  cassação  do  registro do  prefeito  eleito  de  Manacapuru,  Washington  Régis.  O  voto  reforça  o  pedido  de  inelegibilidade  e     indeferimento  do  registro  da   chapa majoritária, atingindo também o vice, eleito, Jaziel Nunes de Alencar, o “Tororó”. A mesma situação é enfrentada pelo atual prefeito, Ângelus Filgueira, que não conseguiu se eleger e tem seu registro de candidatura ameaçado de cassação.

Em Coari, o prefeito eleito Adail Pinheiro aguarda a manifestação do Superior Tribunal Eleitoral (TSE) para saber se pode ou não ser diplomado. Se a candidatura do terceiro colocado, o atual prefeito Arnaldo Mitouso. Também for indeferida, será necessária a realização de nova eleição no município, pois sobraria apenas a candidatura do empresárioRaimundo Magalhães, o que é vedado pela Legislação Eleitoral. A decisão do TSE /e aguardada com expectativa, pois deve ser publicada ainda este mês.

Por: Rosalvo Reis

Fonte: Blog Da Floresta