Verbas

SOS DENGUE: SEM POSTO E SEM SAÚDE – ALEGORIA CONTINUA EM LÁBREA

Publicado em Atualizado em

Lábrea , no rio Purus é uma cidade conhecida pela alegria do seu povo e um calendário alegre e festivo com a Festa do Sol e o Carnaval. No mês de dezembro de 2010, lançamos uma matéria de inauguração do Blog Vazos do Purus com o título: “Sem posto e sem saúde” onde relatamos o desinteresse da atual adiministração municipal em relação a uma obra inacabada de um posto de saúde no local “Tira Barro” e que já foi denunciada a TCE, e que o mesmo órgão se manifestou a ponto de colocarmos o paraecer do tribunal. Novamente em janeiro de 2011 lançamos a segunda parte da matéria que se intitulou: “Sem posto e sem saúde – segunda parte”, mostrando em que pé estava o local através de fotos e esclarecendo que havia águas de chuva que infiltram no local criando poça de água limpa propício ao criadouro de dengue. Eu mesmo, editor dessa matéria falei varias vezes com alguns agentes da saúde e falaram que olhariam o local.
Voltamos esta semana mais propriamente no dia 25 de fevereiro de 2011 e constatamos que não houve nenhum empenho do tal órgão, muito menos da prefeitura para solucionar o proplema e tiramos novas fotos mostrando que agora a obra contém cômodos totalmente alagados como vamos ver a foto abaixo:

 “TODOS CONTRA A DENGUE” – Alto investimento para ações alegóricas…

O estado do Amazonas é um dos estados brasileiros com alto risco de uma epidemia de dengue. Entre os oito municipios que decretaram estado de alerta , Lábrea recebeu apoio financeiro , depois de constatados mais de trezentos casos da doença nesses primeiros meses de 2011. Segundo informa o site “Rede Notícia” o estado do Amazonas irá receber mensalmente do Ministério da Saúde R$ 49 milhões de reais, com mais R$11,6 milhões adicionais para a vigilância, valor que será liberado a cada quadrimestre. Óbviamente que Lábrea , como os demais municípios que decretaram emergência irão receber uma boa fatia desse recurso, que esperamos ser aplicado em ações sérias , positivas e educativas , que podem ser feita com poucos recursos financeiros inclusive. E o que vemos é que isso tudo gera um contraste a passeata que ocorreu essa manhã na praça Coronel Labre como faixada de um¨ bom trabalho¨e que o governo todos sabemos liberou gordas verbas para sanar o problema da dengue.

DENGUE: PREVINA-SE 

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus da família Flaviridae e é transmitida, no Brasil, através do mosquito Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo. A ação mais simples para prevenção da dengue é evitar o nascimento do mosquito, já que não existem vacinas ou medicamentos que combatam a contaminação. Para isso, é preciso eliminar os lugares que eles escolhem para a reprodução.A regra básica é não deixar a água, principalmente limpa, parada em qualquer tipo de recipiente. Como a proliferação do mosquito da dengue é rápida, além das iniciativas governamentais, é importantíssimo que a população também colabore para interromper o ciclo de transmissão e contaminação. Para se ter uma ideia, em 45 dias de vida, um único mosquito pode contaminar até 300 pessoas. É fundamental saber que limpeza  e organização urbana são fundamentais contra a doença. Coleta seletiva , ruas limpas asfaltadas e sem buracos que alagam, uma realidade distante para nós que vivemos em uma cidade abandonada a própria sorte.

A população labrense está de olho na aplicação dos recursos públicos sabendo poder contar com as autoridades inclusive ao ministério público para averiguar, se for o caso, qualquer irregularidade e sobretudo o caso do posto de saúde inconcluso, que vimos denunciando aqui sistematicamente. Estamos atentos, e na luta contra essa terrível doença.

Leia mais sobre a dengue em: www.combateadengue.com.br